Resenha Internacional: Sincerely, Carter, de Whitney Gracia-Williams, por Istefani Marcos

Título: Sincerely, Carter
Número de páginas: 267
Ano de lançamento: 2015
Editora: WGW Books
Nível de inglês: Fácil

Sinopse: Apenas amigos. 
Nós somos apenas amigos. 
Não, realmente. Ela é apenas a minha melhor amiga... 
Arizona Turner tem sido sua melhor amiga desde a quarta série, mesmo quando nós "odiávamos" um ao outro.  Estivemos lá um para o outro através dos primeiros beijos, primeiras "vezes", e temos sido constante um do outro quando bons relacionamentos ficaram ruim. (Nós até mesmo fomos para as faculdades que eram minutos de distância uma da outra ...) 
Ao longo dos anos, e apesar do que dizem, nós nunca cruzamos a linha. Nunca pensei sobre isso. Nunca quis. Até que uma noite mudou tudo. Pelo menos, deveria ter... 
Apenas amigos. 
Nós somos apenas amigos. 
Eu só estou dizendo isso até descobrir se ela ainda é "apenas" a minha melhor amiga...

Sabe quando você está estressada com a vida e quer mandar tudo pelos ares? Então, estou assim ultimamente. Final de semestre na faculdade, uma montanha de coisas para fazer no trabalho... Não estava fácil. Então decidi relaxar um pouco. E o que eu faço para relaxar? Leio, é claro.

Mas o problema é que não queria ler nenhum livro que fosse muito denso, que me fizesse pensar muito. Queria algo leve e descontraído, que me distraísse dos problemas da vida. Foi aí que encontrei Sincerely, Carter, um livro fofo, com personagens adoráveis e um romance bonitinho. Exatamente o que estava precisando.

Vi vários amigos falando bem de Sincerely, Carter no Goodreads, mas nunca dei muita bola. Blah, mais um romance entre melhores amigos? Não, obrigada! Que arrependimento. Queria ter lido esse livro antes... ele é tão, tão amorzinho que nem sei como explicar, mas vou tentar ahahha.

Carter e Arizona são amigos – tipo, MELHORES AMIGOS – desde a quarta série. Um sempre esteve lá pelo outro. Nos momentos bons e ruins, nas vitórias e nas derrotas... Um era o alicerce do outro. Mas eles nunca cruzaram a linha. Nunca se viram de outra forma. Era só amizade, da mais simples e pura.

Até que uma festa e muita bebida muda tudo isso. Agora, Carter e Ari tem que achar uma forma de manter a amizade mesmo quando ambos não querem mais só amizade.

Aaah gente, esse livro é tão bonitinho <3 Os personagens são uns amores e a história uma delícia. É um livro clichê? É. Mas isso, em nenhum momento, me incomodou.

“Algumas pessoas entram na sua vida por um razão. Algumas, por apenas um tempo. Outras, para uma vida inteira”.
A autora arrasou ao escrever a amizade entre o Carter e a Arizona. Eles tem um espécie de ligação, entende? Uma intimidade gigantesca, além de se conhecerem muito bem. Vou confessar para vocês que eu gostei deles muito mais como amigos do que como casal. Sei lá, fiquei com vontade de ter uma amizade assim com um menino hahaha.

Mas não se enganem. O fato de eu ter gostado mais dos dois como amigos não significa que eles não sejam um casal incrível. Aliás, acho que o fator “amizade” contribuiu muito para o relacionamento dos dois.

A única coisa que não gostei no livro foi o final. Não que tenha sido ruim, mas a forma que ele foi escrito... não gostei, não. A autora correu um pouco da história e tudo aconteceu em apenas um dia. Talvez se tivesse tido um pouco mais de calma ao escrever os últimos capítulos o livro teria sido perfeito.


A escrita da autora é bem boa e fácil de ler. Ela escreve de forma leve e quando você vê o livro já acabou. Bem bom para quando você quer algo para se distrair e esquecer do mundo.

Enfim, se você quer um livro com um romance bem água com açúcar, leia Sincerely, Carter. Você não vai se arrepender.

“Você pertence a mim Ari, e você sempre pertencerá. Você é mais do que “apenas” minha melhor amiga, e eu não quero ser apenas amigos de novo”.

17 comentários:

  1. Oi Istefani, esse livro parece ser interessante e o tipo de livro que eu leria com certeza. E compreendi muito bem sobre o que você quis dizer a respeito da amizade dos dois, as vezes a conexão é melhor dessa forma, e parece que quando vira casal parece forçado. Mas de qualquer maneira a premissa demonstra ser ótima.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá, primeiro quero dizer que morro de vontade de aprender o inglês e poder ler meus desejados quando ainda nem foram lançados no Brasil kkkk

    Apesar de seus bons comentários sobre o livro e de você ter gostado bastante dele, eu não me senti interessada pela leitura, a premissa até parece que é boa mas não acho que seja uma leitura que fluísse de boa comigo, mas talvez, se eu o ler eu possa desfazer essa impressão. De qualquer maneira, gostei de ver uma indicação e ler ua opinião sobre a obra.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Istefani

    Primeiro já adorei o nome da menina: Arizona! Super poderoso! Hahaha
    Não conhecia esse livro, e olha que eu vivo lá no GR.
    Eu acho que amor e amizade devem andar juntos. Meu namorado, por exemplo, é o meu melhor amigo. Não que ele fosse antes, mas se tornou durante o relacionamento e acho que é assim que tem que ser.
    Acho que vou curtir a leitura, eu leio em inglês, então vou ver se acho o livro!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gosto de romances água com açúcar, mas não curto finais corridos e preciso confessar que essa capa não me atrai, por mais que o modelo seja um magya lindo!!! Mega entendo seu estresse e espero que as coisas melhores pra ti!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Até curto romamces clichês e fiquei curiosa com esse livro, mas fiquei me perguntando o por que dr você achar que eles são melhores como amigos.
    Recentemente li um livro com uma amide e amor e adorei, chama A Thousand Boy Kisses. Acho que você vai gostar.
    Anotei a dica desse livro é espero curtir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Istefani
    Parabéns pela resenha.
    Eu já li esse livro no inicio dessa ano e amei.
    Gosto dessa temática e Sincerely Carter trás uma boa história e é bem gostoso de ler, apesar de que também achei que no final a autora correu um pouco e poderia ter feito muito melhor do que fez, mas a escrita da Writney é fluida e quando você percebe já tá chegando no final.

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas ver que você (e a Monique ali em cima) gostaram tanto dele, me deixou curiosa ♥ Adoro quando os personagens conquistam o leitor já no início, mas é uma pena que o final não tenha te agradado :/ Vou querer conferir.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu ainda não conhecia esse livro e até gosto bastante de livros do gênero, mas confesso que tô um pouquinho saturada de livros com romance entre melhores amigos. Os personagens parecem cativantes e é uma pena que o final não tenha te agradado.
    Talvez eu leia quando for lançado no Brasil, rs.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oie! Não conhecia o livro, mas o enredo parece ser surpreendente. É ótimo quando encontramos um livro do jeitinho que estávamos procurando. Acredito que isso torne a leitura ainda melhor. Achei bem legal a forma como o romance se desenvolveu e como os dois amigos lidaram com a situação. Finais corridos são realmente um problema, mas que bom que isso não tornou a leitura ruim. Achei bem bonita a capa do livro. :3

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    Eu não sou muito fã de romance e quando o tema é meio clichê como esse de amor entre amigos se infância eu nem me arrisco a ler pois sei que não vou gostar.
    Mas fico feliz que a leitura tenha fluido para você.
    Vou deixar a dica passar.
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Já tinha ouvido falar do livro mas não dei muita atenção para ele não. agora, lendo sua resenha fiquei pensando que seria legal dar uma chance.
    Adorei os outros livros que li da autora e acho que posso gostar desse também já que curto um romance clichê para passar o tempo.
    Pena essa coisa com o final de ser corrido, mesmo assim está na lista :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Esses romances clichês e água com açúcar realmente são ótimos nessas épocas que estamos saturados de coisas para fazer e precisando de uma distração. Esse enredo entre os melhores amigos realmente parece ser um amorzinho e fiquei curiosa para conhecer um pouco mais dos personagens principais e de sua amizade. Sugestão anotada para quando sair no Brasil! rs

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    (Procurando agora mesmo por esse livro)
    Adoro histórias de melhores amigos, principalmente quando a autora sabe construir uma amizade e apresentá-la para os leitores, nos colocando lado a lado ali do casal.
    Fiquei bem curiosa com essa história, ela realmente parece ser muito amorzinho, e com certeza lerei depois da sua resenha

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Nunca tinha lido nada sobre esse livro e fiquei bem animada, às vezes não tem nada melhor do que um bom clichê, né? E esse parece ser lindo, um romance entre melhores amigos não é algo que chama muito a minha atenção, mas imagino que deve ser um romance bem fofo. Enfim, adorei a sua dica, vou marcar

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Olá.

    Não conhecia esse livro ainda é olha que sempre estou atrás de new adult internacionais. Amei essa premissa e já pretendo ler. Acho bem legal essa coisa de amizade homem mulher mesmo eles terem cruzado a barreira. Que bom que o livro te fez desestressar to nessa vibe também.

    Everton equipe Rillismo

    ResponderExcluir
  17. Ola Lindona pena que o final foi corrido, adorei a premissa do livro, a capa, e amo clichês bem construídos, esses finais corridos desanimam um pouco, mas como os personagens são cativantes vou tentar ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir